terça-feira, 12 de agosto de 2014

Naves gigantes se aproximam da Terra?





Maldek
Filme de uma explosão solar que revelou o imenso objeto próximo ao sol.

Estariam espaçonaves gigantes extraterrestres se aproximando da Terra após adentrar o sistema solar?
De acordo com muitos entusiastas e pesquisadores do assunto UFO, o que você vê ao lado parece ser um enorme objeto de tamanho impressionante, quase como o sol e estaria localizado ao seu lado quando se manifesta, como mostrado nas fotos e vídeo. O que seria isso, um planeta ou uma estrela negra, uma Anã Marron, o Planeta X,  Nibiru? Essas imagens também podem apenas mostrar uma anomalia estranha. Na Internet se está fazendo um monte de especulações sobre estas imagens e do objeto, que aparece e some de repente.

Espaçonaves gigantes extraterrestres estariam se aproximando da Terra após adentrar o sistema solar?


Igualmente importante de se perceber é a liberação da informação surpreendente da agência de espionagem e inteligência governamental dos EUA, a NSA, de que eles decodificaram a “linguagem” dos alienígenas semanas apenas depois que outra agência governamental dos EUA ter revelado  documentos que anteriormente eram classificados como “Top Secret”, e que revelam um outro importante evento, que ocorreu em um acidente com a queda de um UFO em Roswell, no Novo México.



Foto do que seriam os destroços de uma nave recuperada próxima à Roswell, com um dos corpos alienígenas, já morto, aparecendo embaixo à direita da foto, com um enorme ferimento na coxa direita.



Nesse caso foram encontrados e resgatados corpos de alienígenas, e um ser ainda vivo, e que pouco antes de seu assassinato, o presidente John F.Kennedy (1917-1963) pediu à Agência Central de Inteligência (CIA) para abastece-lo com todas as informações e arquivos relacionados com UFOs e extraterrestres, um pedido que a CIA se recusou a cumprir. Que interesse existe agora, para levantar o sigilo de cerca de setenta anos da proibição de se divulgar a queda de UFOs em Roswell? Por que estas informações a respeito da existência de UFOs e extraterrestres nos vem sendo escondida por tantos anos e por todos os governos dos países na terra? E mais .. . Porque a liberação foi feita sem ter recebido nenhum destaque ou que não se tenha dado alguma relevância?

batalhadeUFOs-Nuremberg
Acima: Retratação em gravura de Hans Glaser da “Batalha de Nuremberg” ocorrida logo após o nascer do sol, em 04 de abril de 1561, quando as pessoas debaixo dos céus de Nuremberg, na Alemanha, assistiram, estupefatos, a uma enorme batalha entre diferentes tipos de UFOs, que foi vista durante horas por milhares de pessoas naquela cidade.


Incrível antecedente de invasão ainda em 1561 Este relatório faz a especulação de Putin para Biden em detalhes de que o nosso planeta poderia estar se aproximando de um cenário como o que ocorreu em 04 de abril de 1561, quando as pessoas debaixo dos céus de Nuremberg, na Alemanha, assistiram, estupefatos, a uma enorme batalha entre diferentes tipos de UFOs, que foi vista durante horas por milhares de pessoas na região daquela cidade e de cujo evento se fez o seguinte registro como relatado na época, há quatrocentos e cincoenta e três  anos atrás: “O que foi descrito como uma guerra no céu, com uma grande variedade de tipos de espaçonaves que iam desde esferas até o formato de charutos cilíndricos, a cruzes e “pratos voadores”. Os céus sobre Nuremberg aparentemente se encheram com espaçonaves, que se enfrentaram em uma batalha que durou várias horas. A batalha era tamanha que foi possível perceber ter havido um UFO vencedor. As espaçonaves esféricas menores pareciam que saíam de uma nave mãe cilíndrica muito maior. No final  da batalha apareceu em cena uma grande espaçonave, negra e com formato de uma lança (um charuto, cilindro). Uma gravura antiga foi criada por Hans Glaser documentando o evento “.
Por que ESTA ACONTECENDO novamente? Sobre o porquê dessas raças alienígenas estarem chegando ao nosso planeta foi revelado quando o astrônomo britânico, Lord Martin Rees e o astrônomo real para a Escócia, o professor John Brown fizeram uma advertência pública em declaração conjunta de que a nossa civilização humana só tem 50% de chance de sobreviver até 2100 sem sofrer uma catástrofe provocada por nós mesmos.


Martin Rees
O astrônomo real britânico Lord Martin Rees    


Este relatório afirma ainda que Joe Biden disse a Putin que os Estados Unidos forneceram quase todos os fundos públicos para a agência espacial, a NASA, e que tem redirecionado bilhões de dólares para o setor de aviação privada. Assim é no caso da construção de foguetes altamente secretos pela empresa Blue Origin, contratada para a construção de uma enorme frota de veículos espaciais e aviões não tripulados com armas de raios lasers para patrulhar o espaço exterior da atmosfera de nosso planeta.

O desenvolvimento destas novas espaçonaves permanecem em sigilo total para o público americano comum e para o resto do planeta e a empresa Blue Origin mesmo sendo uma empresa privada, mas financiada em seus projetos pelo governo dos EUA, não pode divulgar a sua atividade sob a lei da Liberdade de Informação (FOIA). (NOTA: Recentemente, a Marinha dos EUA anunciou o seu primeiro teste bem sucedido de armas laser). A década dos anos 1980 Também é muito importante de se notar sobre esses acontecimentos sigilosos é que os norte americanos foram avisados previamente no início da década dos anos 1980, quando o então presidente dos EUA era Ronald Reagan (1911-2004),  o jornal The Washington Post publicou uma reportagem no dia 30 de dezembro de 1983  sobre uma espantosa descoberta feita pelos astrônomos da NASA, em que se destacava a seguinte manchete: “Um misterioso corpo celeste possivelmente tão grande como o gigantesco planeta Júpiter e, possivelmente, tão perto da Terra que seria parte deste sistema solar foi encontrado na direção da Constelação de Órion por um telescópio em órbita a bordo do satélite astronômico infravermelho dos EUA (Infrared Astronomical Satellite-IRAS).


A noticia publicada 30 anos atrás, em 30 de dezembro de 1983, nunca foi desmentida, mas o assunto ‘”SUMIU” e nunca mais se publicou alguma coisa a respeito.

Tão misterioso é o objeto que os astrônomos não sabem se é um planeta, um cometa gigante, uma  ”proto-estrela” próxima que nunca ficou quente o suficiente para se tornar uma estrela, uma galáxia distante tão jovem que  ainda está em processo de formação de suas primeiras estrelas ou uma galáxia tão envolta em pó que nenhum luz é lançada por suas estrelas, pois nunca consegue passar.“Tudo o que posso dizer é que não sabemos o que é”, declarou o Dr. Gerry Neugebauer, cientista-chefe do satélite astronômico infravermelho dos EUA (IRAS-Infrared Astronomical Satellite) do JPL-Jet Propulsion Laboratory da Califórnia e diretor do Observatório Palomar  do Instituto de Tecnologia da Califórnia-Caltech, em uma entrevista”.

1983washingtonpost.A!-jpg
A matéria publicada em 1983 pelo The Washington Post: “Tudo o que posso dizer é que não sabemos o que é”, declarou o Dr. Gerry Neugebauer, cientista-chefe do satélite astronômico infravermelho dos EUA (IRAS-Infrared Astronomical Satellite) do JPL-Jet Propulsion Laboratory da Califórnia e diretor do Observatório Palomar do Instituto de Tecnologia da Califórnia-Caltech, em uma entrevista.

Os relatórios Soviéticos na Rússia sobre esta descoberta dos EUA foram ainda mais chocantes depois de terem revelado que, durante uma visita com o então Secretário Geral Michail Gorbachev durante um Reunião de Cúpula de Genebra, na Suíça, o presidente dos EUA, Ronald Reagan enigmaticamente disse ao líder soviético: “Às vezes penso o quão rapidamente nossas diferenças desapareceriam se o mundo em que vivemos enfrentasse uma séria ameaça de invasão alienígena. Ainda assim, eu me pergunto se já não há alguma força extraterrestre entre nós?”.

Em seu último discurso nas Nações Unidas, em 1987, Reagan ainda disse que“o quão rapidamente as nossas diferenças acabariam se enfrentássemos  uma ameaça de invasão extraterrestre“, ecoando a advertência feita 23 anos antes do grande comandante dos EUA, o general Douglas MacArthur (1880-1964), que em um discurso em West Point em 1965 advertiu que: “As nações do mundo terão que se unir, para a próxima guerra, pois que essa será uma guerra interplanetária. As nações do mundo terão um dia que fazer uma frente comum contra o ataque de povos de outros planetas”. Saiba mais (aqui) Será que a NASA está escondendo algo grande da humanidade? Muitos acreditam que o governo dos EUA é capaz de esconder qualquer evento ELE (Extinction Level Event-Evento de nível de extinção da raça humana) para manter a calma o máximo possível e evitar mais tumultos e guerras civis se alastrando pelo planeta.

blue-origin-biconic-spaceship
O desenvolvimento destas novas espaçonaves permanecem em sigilo total para o público americano comum e para o resto do planeta e a empresa Blue Origin mesmo sendo uma empresa privada, mas financiada em seus projetos pelo governo dos EUA, não pode divulgar a sua atividade sob a lei da Liberdade de Informação (FOIA). (NOTA: Recentemente, a Marinha dos EUA anunciou o seu primeiro teste bem sucedido de armas laser). 


Estas imagens acima são fascinantes e mostram um gigantesco e até então, invisível objeto visto pelo SECCHI (Sun Earth Connection Coronal and Heliospheric Investigation)   e que ainda estava sendo visível.(Aqui) É verdade que as câmeras do telescópio do SOHO teriam perdido mais de 12 horas de gravação? Por que será?

Sobre se os OVNIs vão ou não prevalecer nos céus da Terra, o mundo já aprendeu em datas passadas, quando a gigante de dados dos EUA Infochips lançou um conjunto de dados que revela mais de 60.000 avistamentos destas espaçonaves alienígenas em avistamentos registrados até à presente data. Voltando ao assunto de espaçonaves gigantes … Uma imagem, capturada próxima ao sol e retirada do filme anterior mostra um gigantesco objeto próximo ao sol:
secchi-imagem
O Observatório Naval dos EUA , o SECCHI (Sun Earth Connection Coronal and Heliospheric Investigation) é um conjunto de cinco telescópios científicos que observam a coroa solar e a heliosfera interior a partir da superfície do Sol e desde a órbita da Terra.

Estas observações únicas do sol são feitas a partir do NASA’s Solar Terrestial Relations Observatory STEREO, que analisa as imagens enviadas pelas sondas STEREO A e STEREO B. Algumas destas imagens (as anteriores) foram o centro da atenção de alguns pesquisadores que analisaram as fotografias do SECCHI destacando a imagem de um objeto de enormes proporções, quase tão grande como a nossa estrela. Será que a NASA está escondendo algo realmente grande?

Nenhum comentário:

Postar um comentário