sexta-feira, 20 de abril de 2012

O Grande Buda de Leshan - The Great Buddha of Leshan



Translation into English soon after this report.




Na firma onde trabalho há muitos chineses que estão dando suporte técnico em nossa área. Alguns deles falam inglês, e com a ajuda de outros amigos acabamos nos interagindo e em uma dessas interações ficamos conhecendo um pouco de sua língua e cultura, que muito me facina. Em especial um de nossos amigos chineses, cujo nome eu não sei pronunciar (rsrsrsrs), nos mostrou algumas curiosidades sobre a China, e uma delas é a enorme estátua de Buda de Leshan.

No período de maior prosperidade do budismo, mais de 170 templos foram construídos na montanha. Havia quase um templo para cada monte. Porém, apenas 29 foram preservados. Entre os quais, estão os Templos Baoguo e Wannian, os mais famosos. O Templo Baoguo é o maior da montanha e seu principal cartão postal, onde se encontra a estátua do Buda Samantabhadra, construído em 980. O Buda aparece elegante e imponente com uma coroa dourada e kasaya, montado num elefante com seus pés sustentados por flores de loto. Com 7,38 metros de altura e 62 toneladas de peso, a estátua não mostra sinais de soldadura, sendo por isso considerada obra prima da área.

Mesmo não possuindo a tranqüilidade do passado, os budistas, vestidos de amarelo, continuam suas atividades religiosas como se estivessem em outro mundo e transmitindo assim o budismo para as gerações posteriores.

O Grande Buda Leshan, situado na montanha Lingyun, a leste da Emei, constitui mais um precioso patrimônio histórico. O buda ergue-se numa encosta da montanha Lingyun na região onde os Rios Ming, Dadu e Qingyi correm um ao lado do outro. Segundo os registros, a construção do buda visavam aproveitar a força sagrada budista para controlar as inundações desses rios. O monge Haitong foi o pioneiro da obra que desenvolveu por 20 anos obteve os primeiros recursos para o projeto. A construção do buda começou em 713 de nossa era e terminou 90 anos depois.

O Buda é tão grande que pode contemplar de longe de vários quilômetros. Sua cabeça mede 14,7 metros e sua largura 10 metros; a orelha possui 7 metros de altura, enquanto o de nariz e sobrancelhas, respectivamente, possuem 5,6 metros; os olhos medem 3,3 metros; os ombros, com 24 metros. O pé é de 8,5 metros de largura, onde podem ficar mais de cem pessoas de uma vez. Perante este Grande Buda, ninguém pode deixar de admirar: o Buda é a montanha, a montanha é o buda.

Além de sua grandeza, a escultura é uma obra nítida com traços muito vivos. Tecnologicamente, existe um sistema de drenagem de água na obra, bem projetado e invisível incrustado nos franzidos dos vestuários, em braços e costas, de modo a drenar águas oportunamente e facilitar a ventilação a fim de prevenir desgastes naturais.
Depois de sua construção, foi construído um quiosque de 13 pisos para o proteger. Porém, foi destruído numa guerra, deixando apenas alguns vestígios nas encostas e no corpo do buda.

Por mais de mil anos, o Grande Buda Leshan, sentado nas encostas e voltado para o Rio, vem testemunhando a evolução da natureza e da humanidade. Segundo a avaliação de especialistas da UNESCO, o Grande Buda Leshan pode ser comparado igualmente com Sphinx e Pedra de Rosetta do Delta do Nilo.

Em 1996, a motanha Emei e o Grande Buda Leshan foram incluídos na lista de patrimônios cultural e natural do mundo.




Translation into English


The firm where I work there are many Chinese who are providing technical support in our area. Some of them speak English, and with the help of other friends and we ended upinteracting in one of these interactions we knew a little of their language and culture,which I am Facina. In particular one of our Chinese friends, whose name I do not know to pronounce (rsrsrsrs), showed us some facts about China, and one of them is the huge statue of Buddha of Leshan.

In the period of greatest prosperity of Buddhism, more than 170 temples were built on the mountain. There was almost a temple for each lot. However, only 29 have been preserved. Among which are the temples and Baoguo Wannian, the most famous. The Baoguo Temple is the largest of the mountain and its main postcard, where the Samantabhadra Buddha statue, built in 980. The Buddha appears elegant and imposing with a golden crown and Kasaya, mounted on an elephant with his feet supported by lotus flowers. With 7.38 meters high and 62 tons in weight, the statue shows no signs of welding, and is therefore considered masterpiece area.

Even not possessing the tranquility of the past, Buddhists, dressed in yellow, continue their religious activities as if they were in another world and thereby transmitting Buddhism to later generations.

The Leshan Grand Buddha, located on the Lingyun Mountain, east of Emei, is the most precious heritage. The Buddha stands on a slope of Lingyun Mountain region where the Ming River, Dadu and Qingyi run alongside one another. According to records, the construction of the Buddha sought to harness the power of sacred Buddhist to control flooding of these rivers. The monk Haitong pioneered the work that has developed for 20 years received the first funds for the project. The construction of the Buddha began in 713 of our era and ended 90 years later.

The Buddha is so great that you can admire from a distance of several kilometers. His head is 14.7 meters and its width 10 meters, the ear has 7 feet tall, while the nose and eyebrows, respectively, are 5.6 meters, 3.3 meters measure the eyes, the shoulders, with 24 meters . The foot is 8.5 meters wide, which may be more than one hundred people at a time. Against this Great Buddha, no one can fail to admire: the Buddha is a mountain, the mountain is the Buddha.

Besides its size, the sculpture is a work with sharp features very much alive.Technologically, a system of draining water in the work well designed and the puckered embedded invisible of garments on the arms and back in order to drain water and to facilitate ventilation due to prevent natural wear.

After its construction, a kiosk was built 13 floors to protect it. However, it was destroyed in a war, leaving few traces on the slopes and in the body of Buddha.

For over a thousand years, Leshan Grand Buddha, sitting on the slopes and facing the River, has witnessed the evolution of nature and humanity. According to the assessment of experts from UNESCO, the Leshan Grand Buddha can also be compared with Rosetta Stone Sphinx and the Nile Delta.

In 1996, motanha Emei and the Leshan Grand Buddha were included in the list of natural and cultural heritage of the world.