domingo, 15 de maio de 2011

Viajantes do tempo!

Em Novembro de 2000, alguém muito misterioso participou de um grupo de discussão na Internet, se autodenominando VIAJANTE ZERO e se declarando um viajante do tempo proveniente do ano de 2036!
Algum tempo mais tarde passou a se identificar com o nome de JOHN TITOR, passou a ser alvo de crítica e descrédito.
Talvez por ter ficado aborrecido com as gozações, para provar que estava falando a verdade, John Titor postou uma série de diagramas, manuais, esquemas elétricos a até mesmo algumas fotografias que supostamente seriam de sua máquina do tempo.
Segundo os cientistas, uma WORHOLE ou Buraco de Minhoca, seria uma hipotética estrutura do espaço-tempo com aparência de um túnel, daí o seu nome, conectando pontos diferentes no espaço e no tempo. E com base nessa teoria que hoje vem sendo secretamente desenvolvida pelos cientistas e físicos de vanguarda, notoriamente pelos EUA, um modo de possibilitar a abertura dessas passagens, verdadeiros ‘Stargates’  ou máquinas do tempo.


Albert Einstein, famoso cientista e físico, talvez o maior, já explanava teorias com essa maravilhosa possiblidade. O que Jonh Titor colocou na internet está muito a frente de nossa geração!
John Titor, revelou que a sua unidade ou vetor para viajar no tempo era denominada C204, utilizando quatro relógios de CÉSIO. E segundo ele, existiria um outro modelo, o C206 que utilizaria 6 relógios equipados com um sistema óptico para checar oscilações de freqüência, que possibilitariam fazer viagens seguras pelo o que ele chamava de ‘linhas mundiais de tempo’.

Segundo Titor, o C204 somente seria fabricado no futuro pela GE (General Electric), e que apenas o Exército Americano possuía sua patente.
O Army Model C204


Esquema de estrurua da máquina do tempo

Em Março de 2001, John Titor, que jamais revelou seu rosto e nem sequer revelou de onde provinham suas mensagens, anunciou que deixaria o nosso tempo e que retornaria ao ano de 2036. Depois disso, nunca mais se ouviu falar dele.
Seria a máquina de Titor?

Esse assunto foi muito levado a sério, e mesmo hoje existem investigações oficiais secretas e muitas especulações sobre o que realmente aconteceu. Muitos dizem que tudo não passou de um ‘HOAX’, ou seja, que tudo foi uma grande brincadeira de alguém que está rindo disso tudo.
Antes de partir, Titor divulgou a insígnia da sua equipe de viajantes do tempo, ou de uma expedição puramente militar. Quando foi indagado sobre as razões e motivos de suas viagens no tempo, Titor revelou que suas missões eram concebidas para colher informações e interceptação de certos itens necessários no ano de 2036. Revelou ainda que suas missões estavam alocadas entre os anos de 1960 e 1980.

A insíginia da equipe de viajantes do tempo de Titor
Mais tarde, declarou que houve uma outra antiga missão para 1975, com objetivo de interceptar um computador IBM modelo 5100, sendo um dos primeiros computadores portáteis fabricados, e que seria o único modelo capaz de ‘ler’ linguagens de programação perdidas no futuro. Isso faz sentido, pois Titor explicou o que aconteceria no nosso futuro imediato, Titor revelou sem qualquer margem de erro, eventos notórios, inclusive o atentado ao World Trade Center que viria a ocorrer no fatídico 11 de Setembro de 2001, revelou que em 2015 será deflagrada uma Terceira Guerra Mundial nuclear que vitimará 3 bilhões de pessoas!

Um computador como este foi levado por Titor

Segundo dizem, quando a IBM foi consultada, realmente deu por falta de uma das unidades portáteis modelo 5100 que estavam desativadas em um depósito como relíquias da Empresa. Mas John Titor revelou que a razão da IBM em preservar o modelo 5100 não era exatamente fazer um depósito e futuramente um museu.
Depois das revelações de Titor, um alto funcionário da IBM revelou que o modelo 5100 era, de fato, dotado de uma rara interface entre sua codificação e o emulador, que permitiria qualquer programador acessar TODOS os códigos da IBM, tendo sido esse o motivo da exclusão de tal função da interface por medo da concorrência e espionagem industrial.

IBM 5100

Além dessa missão, John Titor jamais revelou o objetivo de sua missão em 2001, e provavelmente esse não seria o seu nome verdadeiro a fim de evitar que fosse interceptado em nossa época enquanto ainda é jovem demais, Titor revelou que nasceu em 1998!
Existem outros fatos intrigantes que revelam a existência de viajantes do tempo.
Em Nova York, investigadores federais prenderam um enigmático aplicador de Wall street acusado de ter acesso a informações internas e privilegiadas tendo se tornado um aplicador movimentando uma quantia de 350 milhões de dólares com um capital inicial de apenas 800 dólares em duas semanas, e por incrível que pareça, na época em que foi preso, alegou ser um viajante do tempo do ano de 2256!

Fontes da comissão de segurança confirmam que Andrew Carlssin, de 44 anos, ofereceu essa bizarra explicação para seu incrível sucesso no mercado de ações.
“Mas o fato é que, com um investimento inicial de apenas 800 dólares, em duas semanas ele tinha um portfólio avaliado em 350 milhões de dólares.
Toda transação que ele fez deu lucros, mesmo sendo em áreas inesperadas dos negócios, o que não pode ser simplesmente sorte. Ele só pode ter conseguido através de informações internas ilegais.
Ele vai ficar sentado em uma cela na Ilha Riker até concordar em divulgar suas fontes”.
Quando investigadores pressionaram Carlssin durante o interrogatório, foram surpreendidos por uma confissão que durou quatro horas.
Carlssin declarou que viajou de volta no tempo a partir de 200 anos no futuro e que seu conhecimento de nossa época lhe permitiu acumular aquela fortuna em pouco tempo.
Tudo gravado em vídeo, teria revelado fatos históricos como a cura da AIDS e o real esconderijo de Osama Bin Laden. Em troca ele desejava permissão para retornar ao futuro em sua ‘nave temporal’. Recusou-se a revelar o paradeiro da sua máquina ou o seu funcionamento, supostamente com receio que a tecnologia ‘caisse em mãos erradas’.
Intrigante é o fato de os investigadores jamais terem encontrado qualquer registro sobre a existência de Andrew antes de Dezembro de 2002!


Querem outro caso intrigante?

Observem a foto abaixo:

Essa foto foi tirada na reabertura da ponte Fork South Bridge após a inundação de Novembro de 1940 no Canadá.
Observe o rapaz em destaque!
Ele está vestindo um tipo de moletom com uma camiseta estampada com um “M”. nitidamente é o único indivíduo vestido diferente em relação ás outras pessoas que estão no evento. São trajes típicos dos anos 1990 ou 2000, sem dúvida, pois, em 1941 não existiam esse tipo de traje. Observe seus óculos, esse é um modelo esportivo e característica que não existia naquela época.
Agora o mais interessante!
A máquina fotográfica parece ser um modelo moderno, pequena demais para a época onde as câmaras fotográficas eram enormes! Notem que o modelo possui teleobjetiva, tecnologia gritantemente moderna!


Não existem indícios de que essa foto tenha sofrido intervenção, com o objetivo de forjar isso tudo!
Seriam esses casos realmente evidências de que existem viajantes no tempo?

Fonte: http://www.alemdaimaginacao.com/Noticias/viajantes_do_tempo.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário